Nota de solidariedade aos professores e professoras das escolas municipais de São Paulo

Escrito por Paulo Eduardo Ribeiro Ligado TPL_WARP_PUBLISH . Publicado em Notícias

15mar2018 protesto de servidores municipais na camara de vereadores de sao paulo durante a audiencia publica sobre a reforma da previdencia na capital paulista 1521161233118 615x300Venho prestar o meu irrestrito apoio e solidariedade às professoras e professores das escolas municipais de São Paulo, violentamente agredidos pela PM-SP e pela Guarda Civil Municipal na tarde da última quarta-feira (14). Os educadores protestavam na Câmara Municipal paulistana contra a proposta de reforma da previdência do prefeito João Dória (PSDB), quando foram brutalmente agredidos com cassetetes, bombas e balas de borracha. Registro o meu mais absoluto repúdio ao comportamento repressivo, de uso desproporcional da força contra educadoras e educadores que exerciam legitimamente o direito de manifestação em defesa de conquistas históricas de sua categoria e de uma educação pública de qualidade.

Deputada estadual Ana Lúcia (PT)