Nota de solidariedade ao Quilombo Campo Grande

Escrito por Paulo Eduardo Ribeiro Ligado TPL_WARP_PUBLISH . Publicado em Notícias

agricultura familiar sofre despejoVenho através dessa nota pública, prestar minha solidariedade às 450 famílias dos trabalhadores e trabalhadoras do MST do Quilombo Campo Grande. Os trabalhadores, residentes na usina falida de Ariadnópolis, em Campo do Meio-MG, apesar de produzirem milho, feijão, mandioca e abóbora há cerca de 20 anos, receberam na última quarta-feira, 7, uma ordem judicial que obriga que a ocupação seja desfeita em prazo de 7 dias.

Gostaria de enfatizar que nesse grave momento de avanço do conservadorismo e do fascismo no Brasil, seguiremos prestando todo apoio àqueles que são perseguidos e criminalizados pelas forças repressoras do Estado pelo simples fato de resistirem e lutarem pela sua sobrevivência e pela sua emancipação.

Reforço os meus votos de solidariedade aos companheiros e companheiras de luta do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra.

Ana Lúcia Vieira Menezes
Deputada Estadual